Programa de aprofundamento em atenção plena e compaixão

SEMANA 2

 

"A prática da bondade amorosa é um método de alegrar a mente, uma forma de aumentar a concentração, uma oferta de generosidade, uma forma de encarar tantos os abusos verbais quanto físicos, uma forma de superar o medo e de viver em concordância com todos aqueles que nos rodeiam. A bondade amorosa, ou metta, é uma prática de um coração aberto e corajoso"

- Shaila Catherine

Nesta segunda semana de curso, vamos entender um pouco mais sobre os princípios da prática da bondade amorosa com Shaila Catherine, uma famosa professora de meditação nos EUA seguida por Chade Meng Tan, o diretor do Google que implementa os programas de atenção plena na empresa.

 

Vamos também praticar uma forma da meditação da bondade amorosa com uma versão criada por Emma Sepalla, uma das mais famosas pesquisadoras da ciência da compaixão, que atua como diretora científica do Centro Para Pesquisas de Compaixão e Altruísmo da Universidade de Stanford. 

Boa prática!

1. Prática principal

  • Link para escutar todas as meditações guiadas do primeiro curso: www.semeandopaz.com/audio

  • Link para escutar todas as novas meditações guiadas do segundo curso: www.semeandopaz.com/compaixaoaudio

  • Praticar a nova meditação da bondade amorosa pelo menos três dias na semana. Nos outros dias, pode escolher praticar a respiração ou outras práticas da auto-compaixão.

 

2.  Prática informal

Sinta a sua respiração, sempre que puder!

Está lavando louça, estendendo a roupa, esperando seu filho sair da escola, conversando com um amigo, fazendo uma caminhada ou simplesmente andando de um lugar para outro dentro de casa ou no trabalho? Vamos passar a ficarmos conscientes da nossa respiração em todos esses momentos e quaisquer outros que você encontrar. Conversando e sentindo a respiração, andando e sentindo a respiração, vivendo e sentindo a respiração, sempre que lembrar-se disso. 

3. Leitura da semana

Cultivando Metta: O poder da bondade amorosa 

Por Shaila Catherine 

 

O que é metta? 

A bondade amorosa é uma intenção simples e clara de boa vontade. Metta é o termo em Pali que geralmente é traduzido como bondade amorosa. O termo é derivado da palavra Mitra, que significa amizade profunda. Metta é uma qualidade do coração que abraça a vida sem conflito – uma amizade profunda com a vida. 

 

Metta é uma atitude de não conflito ou contestação. Uma qualidade maravilhosa para trazermos para nossa vida. 

  • Como seria viver neste mundo sem conflito ou contestação? 

  • Como seria viver a vida sem demandar que ela fosse diferente do que é? 

  • Se importar com o bem estar dos outros independentemente deles virem de encontro às nossas expectativas, ou desejos? 

 

Imagine a profundidade, de confiar em você profundamente, de saber que você é capaz de fluir a bondade amorosa para todos os seres... 

  • Para todos os que gostamos, assim como para os que não gostamos 

  • Para aqueles que nos ajudaram, e para aqueles que nos machucaram 

  • Independentemente de preferências.

 

Nós cultivamos a bondade amorosa como um convite gentil de abrirmos nossos corações e nos conectarmos mais profundamente e claramente com tudo em nossas vidas, e permanecer em um estado absoluto e maravilhoso de um relacionamento sem conflito com todos os seres. Não é incomum escutar as pessoas descreverem a dor de um coração fechado ou contraído. Desejar viver em conexão, livre de medos e alienação é uma motivação forte para nossa prática de meditação.

 

A contração em torno de mim e do que eu quero, as histórias de quem fez o quê contra mim e que isso não foi justo, a apreensão sobre o que eu sinto ou o que eu mereço, e a armadura que tecemos em torno de nossos corações... Tudo isso se derrete no campo da bondade amorosa. A bondade amorosa abraça todos os seres e todas as condições, sem exceção.

 

A bondade amorosa é um fator mental que pode ser cultivado.

Nós praticamos a bondade amorosa para reforçar essa atitude. É importante entender que a bondade amorosa é um fator mental e não um sentimento. Nossos sentimentos tendem a mudar rapidamente – nos sentimos bem quando as coisas estão indo como queremos e negativos quando enfrentamos eventos que não queremos ou que são dolorosos. Já a bondade amorosa é uma força do coração que pode se manter estável na presença de eventos prazerosos ou não prazerosos. Às vezes não sentimos que nosso coração está aberto, mas com um compromisso de não odiar e de nos dedicarmos a cuidar de todos os seres, nós expressamos a bondade amorosa e a intenção da boa vontade em eventos desafiadores.

Contato:

Carolina Galvani

Email: carol.galvani@gmail.com

Cel/Whatsapp: (17) 99196 0418

SIGA-NOS

  • Facebook Social Icon